terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

MEMÓRIA


Algo ainda pulsa dentro de mim, como as batidas daquela música.

Mesmo depois de tanto tempo, teu rosto está intacto nas minhas lembranças, você está rabiscado na minha alma, gravado na minha memória. As sardas do teu rosto ainda povoam meus pensamentos, o brilho dos teus olhos ainda me encantam, sua vitalidade ainda me seduz, sua garra ainda me orgulha, o jeito que você me olhava ainda me tira o fôlego, sua vontade ainda me anima, a batida daquela música ainda me esfria o estômago. Ainda sinto o toque do seus dedos, o desenho do seu corpo ainda sei de cór, seu cheiro meio adocicado ainda é fresco nas minhas lembranças e nas minhas narinas.

Recebo o toque suave de teus dedos que se entrançam em letras, palavras e frases que acolho, recolho e guardo em mim, como tesouro escondido, como sonho que me atrevo a sonhar acordada. Sopro com a suavidade da tua pele o amor que ofereço, o deixo solto, o jogo no vento.

O tempo, nos espera, mais adiante, no caminho do nosso destino, para juntar o dia e a noite, o rio e o mar, o teu corpo e o meu.

Sinto as curvas másculas de seu corpo a rondar aminha alma, sinto o seu perfume que invade o ar que respiro, entranhando-se na minha pele, no meu corpo. Sinto o calor do abraço, apertado, chama lenta que abrasa a libido, e nos aquece a alma com o amor que sabemos fazer. Tocar-te, é esculpir o Deus que descubro em você, sentindo cada parte deste todo que se faz da tua alma e termina em teu corpo.Deitados sobre a brisa que nos transporta, somos apenas energia que flui entre corpos, amor sob a forma de sentires, palavras sobre forma de mil textos por descobrir, rabiscos de afeto, textos de amor, escritos de paixão. De amor te faço cada letra, de paixão, acesa e viva, faço cada frase, de prazer, intenso e puro, faço cada parágrafo que te escrevo na ausência, na distância, te sinto e te escrevo na minha saudade. Você é aurora boreal, luz que rasga as trevas, inspiração, utopia e lenda.

Aqui sozinha, no meio de todas essas estrelas, inalo o amor que me oferece no vento que me afaga o corpo, inspiração profunda, expiração ausente, querendo te manter bem dentro do meu corpo. Num último e derradeiro suspiro, te liberto, deixando ficar em mim o prazer de haver te possuído por um singelo instante. E aguardo o retorno de você em mim, sua chegada em meu porto, sua morada em mim mais uma vez.

Dentro de mim existe um pedaço seu que ainda pulsa.

20 comentários:

Vivian disse...

...sempre doces memórias
guardadas no tempo da entrega
e do prazer à dois.

encontros de corpos envolvidos
por um só sentimento.
o tesão, a luxúria e o êxtase
de um amor esculpido nas pedras
do desejo.

bjus, linda!

Léo Mandoki, Jr. disse...

..isso que vc faz é covardia sabia?
essa coisa de intercalar em a vida cotidiana e dps esses textos me mata...
...
poxa essa coisa de vc dizer que ainda pulsa dentro de vc...é terrorismo contra o universo masculino...
onde vc está hein?? eu quero vc tata!

Abnara Leon disse...

Vc arrasa menina!! Viajei longe nesse post!!! Vc me fez pensar em sentimentos que eu ja achei que havia esquecido...Poxa vida!!! Mas nada como respirar fundo e VIVER!!!
Adorei o post!!!
Beijocas

Mai disse...

assim tão bom é mesmo prá guardar bem dentro, não?

E você conseguiu descrever tão bem que quase dava prá, em braile, sentir o quem...
Beijos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Saudades...

Tem selinho da "Proximidade" la para vc.

beijooo.

Giselle disse...

Tatá,
ahhhhh saudades ...
Tão bom, pelo menso vc sente alguém dentro de ti, saudades de me apaixonar assim ai ai ...
Estou suspirando por ti, rs...
Linda quarta e lindo texto,
beijos

*** Cris *** disse...

olá querida,td bem?
Tem presentinho pra vc lá no meu blog,tá?
Bjs!

P.S. Espero que td em vc continue pulsando bem forte para cada vez mais nos dar o prazer de te ler.

Mustafa Şenalp disse...

çok güzel site. :)

Pelos caminhos da vida. disse...

Mais um presente esperando la por vc.

beijooo

R.Vinicius disse...

Tatá você me fez lembrar uma frase do Livro - Hannibal. "A Lembrança pode ser uma faca a nos ferir." Ferir por não passar de um passado, por não ser um presente e restar a dúvida de um futuro. Sempre há de restar memórias a pulsarem no ventre do nosso querer, da nossa saudade. Belas são tuas linhas e tua pessoa.

Abraço,

R.Vinicius

Cris Animal disse...

Tata, minha querida...isso se chama vida. Se chama lembrança. Se chama amor. Se chama paz !
Só quem têm lembranças de amor nesta vida, experimenta a paz de vivê-las quando quer, ainda que seja numa recordação de afeto.
Não morre. Não acaba.
Lindo demais. Amei!
beijo
..........Cris Animal

T disse...

Num último e derradeiro suspiro, te liberto, deixando ficar em mim o prazer de haver te possuído por um singelo instante.




MUITO BOM!
primeira vez aqui!
ADOREI!

Chris disse...

Rabiscos na alma... Olá querida !!! Saudades de te ler, minha net só voltou ontem a noite, uma semaninha quase em jejum virtual, enfim... Texto lindo, em alguns momentos, fiz nas palavras, as minhas, em referência ao tipo de amor que tenho, e que sou privilegiada (Amém), e trazer á memória é uma arte das mais precisas.

Beijinhos no coração, vou lá ler o cotidiano

D.Ramírez disse...

Mon petite ..q texto hem!!
Intenso, bom de ler, e olha q ate aqui pulsou..rs
O incrivel nisso tudo é sua capacidade de escrita, tanto no humor inteligente e sutil do cotidiano, que faz rir, como em textos mais intenços que faz pulsar.
Ai que ta o talento, tanto no humor quanto no sério, seus textos são bons, muito bons

Besos

D.Ramírez disse...

ah..esqueci..criei tres protetores de tela, pano de fundo pra computadores..se gostar e quiser, pode pegar, ta la pra isso;)

Besos

O Profeta disse...

A terra dorme em sobressalto
Um grito brota da alma
Danço com esta bruma de Inverno
Rodopia em meu peito uma estranha calma

Águas despertas, Mar bravio
Cai sobre mim um nevoeiro perverso
Uma onda estende seu manto de espuma
Açoita as pedras adiando o regresso


Boa semana


Mágico beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Boa noite amiga!

Imagine o que vim oferecer para vc?
Mais um selinho esperando vc la.

beijooo.

MCI disse...

Ah, Deus meu...
E eu quase fico sem fôlego ao chegar ao final de mais um belo texto seu!
Sabe de uma coisa, Tata? Eu sempre tirei sarro da cara dos românticos. Sempre achei que exageravam nos "açúcares" e que viam as coisas de uma maneira excessivamente emocional e, justo por isso, distorcida demais para um virginiano como eu.
Hoje, veja você, me tornei um romântico incorrigível e suas palavras provocam em mim uma série de explosões que... Meu Deus! Me desmoronam!
Acho que estou precisando ser alvo de palavras tão calorosas assim pra me sentir aquecido novamente...
É.
Estou certo disso.

Bisous, cherry.

Marcos Campos disse...

Uau!!!
Olha essa Tata inspiradona!!!hahaha!!!
Que coisa mais forte!!
Belo texto!!
By the way, sabe que sou seu fã tbém!!
Beijaço!!

tossan disse...

Pulsa sempre Tata pulsa... Eu sinto daqui. Beijo