domingo, 31 de maio de 2009

EU, O DOMINGO E O BODE!


Domingo, um dia lindo lá fora, sol, temperatura agradável, dia perfeito para fazer algo OUT SIDE ( fora de casa).Não sou do tipo de pessoa que fica em casa de Domingo à tarde assistindo TV. Sou como a música do Rapa”Não me deixe sentar na poltrona em um dia de Domingo!” Para mim é tortura, à não ser que envolva um bom filme no DVD, friozinho OUT SIDE, cobertorzinho e um namorado do lado( coisa que eu não tenho, que é substituído em dias frios pelo pijama de ursinho e pantufas)mas, hj está sol e está um dia perfeito para andar de bicicleta, para jogar um tênis no clube, para fazer atividades ao ar livre, então, liguei para alguns amigos e olha que não era tarde, era à tarde, duas da tarde para ser mais exata, e obtive de quase todos a mesma resposta. Da amiga mais chegada:

ELA: Tata, vc é ligada no 220 W, deita é dorme que ainda é cedo!

EU: Cedo???? Gabi, são duas da tarde!!!

ELA: Isso é tecnicamente inviável, duas da tarde de Domingo ainda é madrugada, minhas pernas ainda não me obedecem, meu corpo está aqui mas, minha alma ainda está lá naquele bar de ontem, eu chamo ele, chamo, mas ele não me obedece!rs O bode me pegou, ficar aqui curtindo ele!

EU: Bode Gabi?? Xô, Xô.... Sai que esse corpo não te pertence espírito de bode!!KKKK

ELA: Tata, eu queria ter essa tua disposição, mas infelizmente não nasci com esse seu gene afetado do entusiasmo e com carregador de energia incluído, eu sou normal Tata, just a simple human being.

E continuei procurando algum ser vivo, que estivesse com sua alma encaixada no corpo, que as pernas obedecessem, e que não estivesse sob o domínio Bodal. Tento outra amiga e ouço: “ A essa hora da manhã de Domingo eu ainda nem sei quem eu sou!” E da massa de amigos que restaram obtive a mesma resposta: “ Domingão é dia de bode Tata, relaxa, e vai descansar!”

E eu penso: Bode? Que bode??? Aonde eu fui amarrar o meu bode!!!

Decido ir sozinha andar de bicicleta e depois parar no clube para uma partidinha de tênis com algum ser vivo que tenha mandado esse maldito bode passear, já que nenhum dos meus bodiados amigos resolveram levantar das suas respectivas bundas da cama. Já basta os dias de semana que fico parcialmente dentro do escritório, bem vestida, metida a inteligente e tendo que bolar planos de fuga e rotas alternativas de elevador para não cruzar com Douglas (o insistente).Quero tomar sol, colocar uma roupa mais leve, um tênis, ver a vida lá fora, sentir o vento bater no rosto, sentir a vida pulsando dentro de mim!

Sempre soube que eu não tinha vocação para ficar parada muito tempo, se estou parada fisicamente, minha mente não está. Não consigo ficar dentro de casa em um dia de sol, como também nunca tive vocação para ser melancólica ou bucólica, nem com efeito de bebida alcoólica. Não consigo amarrar um bode, ficar bodiada em casa, nem nada que envolva um bode. Nem mesmo quando termina um namoro, eu consigo amarrar o diabo do bode! Fico triste mas, não por mais de 24hs, que acho que é o tempo necessário para se dedicar ao fim de um ciclo. A vida é muito curta para perder tempo com coisas supérfulas, com mal-humores, com amarrações de bode, melancolias e ostracismos. O bom da vida para mim, é estar com os amigos, se divertir, é acordar de manhã abrir a janela e dar uma boa enchida nos pulmões de ar, é admirar o pôr-do-sol, é deixar caixinhas com presentinhos dentro no capô dos carros só para fazer o dia da pessoa melhor, é não deixar a criança traquina que mora dentro de cada um morrer, ser bobo quando precisar ser, é curtir um som, e ler um bom livro, e amar lógico, amar muito e intensamente, mas aceitar que o amor é tão cíclico quanto a vida. Ele tem começo, meio e fim, e dedicar a este fim, não mais de que uma noite com um pote de sorvete, vestindo pijama estampado de ursinho, assistindo a um filme romântico, com uma garrafa de vinho do lado, escutando “ I can live ( If living is) without you” uma noite de fossa é mais que suficiente, porque o amor não é imortal posto que é chama, mas é eterno enquanto dura, porque a vida é assim mesmo, uns partem para a chegada de outros, como tudo na vida. Ninguém é insubstituível! ( pelo menos para mim)

Quando a tarde cai, já havia andado de bicicleta e jogado quatro partidas de tênis, com um Sr. de 67 anos, O Sr. Manoel, super disposto, que dá de dez à zero em muito homem de trinta no quesito disposição, me botou para correr na quadra!.Super bem humorado, simpático e como homem mais velho muito culto. Após nossa última partida, o Sr. Manoel me fez uma pergunta que me fez pensar. Ele disse: “ Aonde está seu namorado que não está aqui com vc jogando uma partidinha?? E eu respondo: “ Sr. Manoel, eu ainda não o encontrei ! E ele me responde: Ele não sabe o que está perdendo em ainda não ter te encontrado! Mas, não tenha pressa em encontrá-lo, quando vc menos esperar, ele te acha! Ainda mais vc, ele deve é ter se perdido no meio do caminho! E quieta penso: Será que existe um ser que vai conseguir me acompanhar e entender esse meu jeito??? Ele realmente me fez pensar.
Outro dia em um barzinho, em uma conversa com uma amiga, ela me disse que era mais fácil uma raio cair na cabeça de uma mulher de trinta, do que ela se casar, exatamente pq quando se tem trinta anos ou mais se fica mais seletiva, mais perceptiva de suas vontades, do te que agrada, do te que chateia, do que é suportável ou insuportável em um homem. E talvez por isso, eu ainda não tenha encontrado ninguém que me faça ouvir sininhos no ouvido por mais de 6 meses, por eu ser independente demais, auto-suficiente demais. Honestamente eu não faço o gênero dependente afetivamente, eu sou assim, meu espírito é livre, minha felicidade é minha, eu divido com quem está ao meu lado e não jogo a durabilidade e permanência dela nas mãos de um namorado. O homem perfeito para mim iria ter que vim com muitos itens extras de fabrica, já que a Sra.Gravidade atua com frequência sobre este corpo e Murphy é o encosto que nunca desencosta
O namorado perfeito, como ele seria??? Nossa um ótimo tema para o próximo post.

Mas, fazer o quê, essa sou eu, essa é quem eu sou.

Eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim....Tatatinha..... KKKKK


18 comentários:

Flavio Ferrari disse...

E tá muito boa do jeito que é ...

tossan disse...

Tata tá demais este texto...Vc é das minhas que não fica em casa com a boca escancarada cheia de dentes esperando o Faustão, Silvio Santos, Raul Gil, Eliana...Ufa(eu sei porque mamãe assiste) faltou alguám? Valeu...Você sabe viver. Beijo e muita saúde hein moça vitataminas em frutas e não em pílulas enganadoras, viu? Beijo

PS: Falando em viu, vái lá no blog do Mandoki e leia o recado, espero que não seja pra nós, não deve ser, nós gostamos dele e o respeitamos como amigo, não é?

C. disse...

Ah, mas nem Sílvio Santos? hoho

Paulinhaaa disse...

Queria ter toda essa tua disposição, mas pra mim, salvo raras excessões, domingo é dia de ficar na cama vendo tv/dvd.

Bjks e boa semana!

Cassius Vallim... disse...

Ola...
Eu gosto de curtir muito o domingo e todos os dias da semana, já que trabalho de turno e nem sempre eu tenho o domingo pra fazer o que quero... Mas... vamos vivendo.

Faz tempo que nao passo aqui =-)
Bejos...

Izinha disse...

oi Tata,

é assim mesmo, com a correria do dia a dia, o tempo se torna curto demais...

agora ficar em casa num domingo de sol...ninguém merece...rs

bjos!

Cris Animal disse...

Tatá, tudo bem que a gente tem uns ítens dos quais não abre mão...algumas coisas que precisam bater com essa "listinha" ; caso contrário: qq tipo de relação seria insuportável, mas vou te dizer uma coisa: quando vc se apaixonar de verdade, metade dessa lista cai por terra e vc se adapta a esse "novo ser" com todas as diferenças e aprende que ele vai com vc, aprender a aceitar e viver essas mesmas diferenças com doses de ....de....amor maior.....rs

Ele vai te encontrar e te garanto: não vai se enquadrar no que vc espera de um homem. Não em 100% e mesmo assim, vc vai se apaixonar, pq será ELE.........fácil assim!....rsrsrsrsrsr

beijo grande

Marcos Campos disse...

Hey!!
Meu, esse universo pisciano é muito louco, parece que vc está escrevendo sobre mim quando leio vc...tudo muito parecido...
Quanto ao namorado, o Sr Manoel tem razão...nem esquenta, curta agora enquando ainda não achou o bonitão...mas ele chega, com certeza...
Beijos!

Mai disse...

Tatá,
quer dizer que existe uma aposta que joga praga nas mulheres de trinta caso uma consiga alguém, não?
...
Mas essa tua 'nada mole vida' é um 'lerê' de lascar - jogar tênis é mesmo muito ruim. Bom não vou falar de TV porque eu não aguento o 'lixo' global ou etecétera e tal - eu sou ecologicamente correta.
Agora deixa eu te dizer SE TU POR ACASO TIVÉSSES CONVIDADO A MINHA E A TUA QUERIDA AMIGA 'MARIA' - A Loucida, terias saído de todos os 'bodes' e ainda terias 'descolado' um príncipe (ou um sapo qualquer...risos)
Não esquece - dá folga prá Maria às segundas e fica com Maria, em todos os domingos, maluquinha. ...
Beijos,
Fica bem.
Carinho,
Mai

Escrevo Palavras e choro poemas disse...

Amo ler essa historias do teu dia dia, fico rindo sozinha com o pc!
bj* linda!

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

Felipe disse...

Minha alma gemea, tu tinha que falar que ele estava no RJ correndo na praia!! \o/rs

Domingo em casa é dose... eu corro pra praia, nem que seja pra andar ou correr

Beijocas

Leo Mandoki, Jr. disse...

se um dia vc abrir fila de inscrição pra ser ser perfect boyfriend eu entro na fila. Só espero ficar na frente desse Douglas!! qnd vc vier outra vez aqui em Portugal...a gente fala sobre o assunto. OK?
beijos

Renata Braga disse...

Tatá.. parece que somos seres em extinção....

Sabe... quando entro numas de "bodiar" rs Escrevo algumas linhas meio melancólicas (sim adoro ouvir a música mais mela cueca do mundo pra escrever sobre as dores do amor) mas depois de feito isso! Passo a régua! A não! Curtir bode em casa ninguém merece, seja la pelo que for...

E ó... também to a procura desse "Boyfriend" perfeito... ehhe

Será que existe? Todos parecem que vem com algum item a mais, que depois só serve para fazer devolução... rs

Bejosssss querida! E Continue assim!

Christi... disse...

Eu gosto tanto de ler aqui, que como já disse, ás vezes venho ler de novo, até pra melhorar meu astral.
E ás vezes me pego percebendo, que não comentei na primeira vez que li, como já vai pra segunda vez que leio (Eu, o domingo e o bode!), comento sim. rs
Gosto demais das companhias maduras de certos senhores que nos fazem em alguns momentos nos sentirmos na década de 40 com a delicadeza que ás vezes não encontramos em qualquer esquina.
No seu domingo, tem tantas coisas que já me vi vivendo, que achei muito bacana.
Gosto demais daqui
Gosto de vc..

Beijos anjo, uma boa noite pra ti

Chris

R.Vinicius disse...

Tata, é bom ter toda essa energia. Você me fez pensar. O dia dos namorados está perto. Meu namoro acabou, já faz duas semanas. Meu primeiro namoro (pode soar estranho, afinal já tenho 20 anos) e a gente para e pensa sobre muitas coisas. Por exemplo no dia do meu aniversário eu e ela fariamos cinco meses de namoro, e eu completo 21 anos, e cinco anos que estou morando em São Paulo. Tudo no mesmo dia 06/07. E agora é seguir em frente. Eu tenho um medo sobre tudo isso. Mas sei como lidar.

É muito bom lê-la. E te desejo, como sempre, toda a felicidade do mundo.

Abraço,

R.Vinicius

Lu Dantas disse...

Oi, querida...andei um pouco sumida, mas estou de volta..

Nossa..sabe que a afinidade é uma coisa que realmente não se explica..temos tantas coisas em comum..

Perfeito? Impossível! Se vc achar, veja se tem um irmão..rs

Adoro tudo aqui!

Beijocas

blogtopera disse...

menina! e não é que eu sou desse time?! sempre odiei domingos em frente à tv em dias de sol, mas confesso que por conta da falta de companhia, acabei me acostumando a não fazer nada de interessante.
para minha imensa alegria, meu labrador voltou do adestramento e agora será meu companheiro de caminhadas... bom né?!
quando quiser, pode vir junto tá?!
beijos!