domingo, 25 de janeiro de 2009

TOCA-ME


Toca-me,


Toca como fosse eu seu mais velho amigo, seu piano. Toca-me e faz de mim sua melodia, deixe marcado no meu corpo tua letra.Toca-me e grave em mim sua canção. Interprete minha partitura sem pudores, sem erros, sem caridade, sem falsidade. Faça de mim música, em notas sustenidas, notas de flor, notas de amor, nosso amor em clave de sol. Escreva nossa partitura no papel da vida, dedilha nosso caminho no piano do destino. Confidências rítmicas de você em mim. Decifra-me, como decifra sua partitura, desvende, procure, busque um pouco de mim em você, em suas notas de querer, sons de seu eu, ritmos de seus desejos, tons de seu amor. Deixe a música entrar não apenas na sala mas, permita que adentre sua pele, em seus poros, que invada sua alma, percorra sua corrente sanguínea, deixe a reger seus movimentos, moldar seus pensamentos, o fazer dedilhar com sentimentos. Encha seus ouvidos de mim, de nós. Ouça os ecos que vem da alma, e como maestro que rege sua orquestra,assim o faça com maestria.

Toca-me,

Em lentas dedilhadas sobre meu corpo, e sinta o compasso rítmico do meu coração. Toca-me em alma, corpo, pensamento e desejo. Toca-me como se tocasse Mozart, com ímpeto, paixão, com ardor, vontade, força, doçura e exatidão. Desperte os sons da minha alma, as melodias do meu querer.

Toca-me,

Mas sem proferir nenhuma palavra, só com sua pele, com sua alma, com seus olhos. Toca-me com seu olhar de homem feito, seguro, com suas mãos firmes de pianista, com seu cheiro de Mi maior. Desejos e segredos silenciados em Lá menor.

Toca-me,

Bem dentro da minha existência, faz-me flutuar acima dos sonhos,transporta-me para o teu mundo, envolve meu corpo e tudo o que sou com música.

Toca-Me,

E deixe seus instintos musicais aflorarem em mim, me ame calado como quem ouve uma sinfonia. Somos feitos de silêncio e sons, acordes de amor, de carinhos, em tons e semi-tons, sussurros de vida ao pé do ouvido.

Então , as teclas suspiravam música e a melodia ecoava sem fim naquela sala de confidências musicais. A pauta balançava: semínima, semicolcheia, colcheia, colcheia, breve, semínima, breve, pausa. As mãos dançavam pelo preto e pelo branco. E se dormiu sobre claves de Sol. Claves de Sol! Os seus dedos sentiam cada passo de música. E tocava. Em jeito de música, de manhã, de mansinho, docemente. A música passeava pelas paredes e visitava o jardim que começava onde a janela se abria para o céu.

Coisas de um amor descabido, atrevido, sustenido, que não suportou ser só amor literário, tinha que virar música.

19 comentários:

Léo Mandoki, Jr. disse...

aii Tata..não me chama de leozinho não....é covardia...vc me deixa todo molinho....dps eu chego aqui e vejo esse texto!! TOCA-ME!!
...
sabe hj passou na televisão aqui em portugal bridget jones...e adivinha deuqem eu me lembrei?
.....
volta pra aqui pow...vem visitar parentes outra vez. eu te vou buscar no aeroporto...dps vamos beber uma taça de vinho branco com vista para o rio tejo. Vc é uma mulher de uma sesnsitividade absoluta.
te gosto muito viu! vc é linda

Léo Mandoki, Jr. disse...

,,,eu vou te dizer...nao gosto assim mto do filme...mas gosto é de vc viu...vc pede pra ser LINDA e entra na fila 386 vezes...

Vivian disse...

...ouví aqui a música da
sedução em todos os acordes
deste 'piano' chamado mulher.

alma de mulher, que quando
quer,
vira pauta,
vira notas,
vira acordes,
vira teclas
que se deixam ser tocadas,
por quem realmente entender
da 'música'.

bjus, lindeza!

R.Vinicius disse...

Tatá :) Viu, não sumi mais? Como você está? Ótima semana.

Toca-me. Linhas de sensibilidade, carinho, paixão, intensidade, beleza. São tantos traços do seu EU. Você escreve maravilhosamente bem e encanta, toca a quem lê.

Abraço,

R.Vinicius

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Chega o vento assobiando
fazendo riscos imaginários
como ondas no céu soprando sobre folhas ,
flores, vidas chega a brisa manhã
canta suaves carinhos
envolve numa doce,
fresca brincadeira
lembranças num rastro
manso luz vento , brisa,
vida tocam rios janelas
todas as casas calçadas
soprando sorrisos
lembrando todos os caminhos
colorindo como se fosse carrossel
verdadeiros roda moinhos
deixando correr a vida
como fosse melodia...
(Maria Thereza Neves)

Tenha uma linda semana
Abraços

L. Malloy disse...

Acompanha o meu blog, por favor.

L.

D.Ramírez disse...

Lindo demais esse toca-me..muiiito bom mesmo, da canção pura, vontade forte, desejo..vc esta cada vez melhor, superando e isso é bom..a cada entrada aqui textos q me empolgam e admiro.
Mudando, sempre fui de ligar para ter o gostinho de ouvir quem estava comigo e retribui esse momento juntos...
Besos

Mai disse...

Muito lindo, Tatá.
E se a mim não surpreendes em tua escrita e estética dos teus versos, quem lê a tua irreverência nas cenas cotidianas fica impressionado.

Muito bom.
Beijos.

Peregrina disse...

Muito bom!
O que um subtil toque pode provocar...

MCI disse...

Três coisas:
um suspiro.
um abraço.
um beijo!

=***

FRAN "O Samurai" disse...

Oi Tata!

Tocar é um dos sentidos mais interessantes, não sei explicar, mas as vezes o toque no rosto, nos lábios, no pescoço ou em outra parte traz aquele arrepio gostoso.

Tocar com delicadeza é o que há. Hehehe.

Voltei aqui e agora é pra ficar! Hehehe! Nossa, depois de uma grande luta para colocar o PC em ordem, perdi muito tempo e muitas coisas na blogsfera. Pois bem estou aqui nesse cantinho maravilhoso.

Beijos

Abnara Leon disse...

Texto Perfeito!!!Adoro seu blog...
Obrigada pela visitinha!!! Volte sempre!!!

Abraços!!!

meus instantes e momentos disse...

lindo.
Perfeito, é muito bom te ler.
Maurizio

D.Ramírez disse...

:)

Marcos Campos disse...

Oi Tata!!
Belo texto!!
Como boa musica nos ouvidos!!
Super beijo!!

®tossan disse...

Como eu gostaria de abrir a tua partitura e tocar o piano. Primeiro com a suavidade de Liszt e terminar com a rebeldia de Mozart. Eu também te adoro Tata, vc sempre será a primeira. Gostei muito! Beijo

Cris Animal disse...

Tata...delícia ser isso. Mais. Bom sentir e entrar dentro de cada palavra. Bálsamo para a lma e coração. Vida. Vida que escorre na alma.
Lindo demais
beijo
...............cris Animal

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho la para vc.

beijooo

Ígor Andrade disse...

Ah... o amor e a música, Tata!

Abraço!