domingo, 18 de janeiro de 2009

ENCONTRO


Um único ímpeto me envolve e me arrebata, e toda eu, concentrada sobre este único desejo, estremeço como dínamo em movimento, a medida que você se aproxima a meu encontro.

Façamos do acaso nosso ponto de encontro. Deixemos o destino cruzar nosso caminho, sejamos alvo da mais ardente paixão. Almas num só corpo, mentes que surpreendem até a imaginação. Em um desequilíbrio lúcido, numa cumplicidade lúdica. Em um aroma que percorre as minhas narinas , um gosto que nasce em minha boca, em sensações que percorrem minha pele e minha alma. Na linguagem da alma, dois corpos delitos, um doce deleite, no corpo da letra, transborda na borda.

Sua beleza, meu sonho lírico, deste romance onde teu aroma se funde nos olores do jardim de nosso idílio. Em seu corpo desenhei minha poética, em cada centímetro, em cada pelinho . Quanta ternura tatuei em tua pele com meus beijos e calores, lascívia no tato, desejo no olfato, enigma no olhar, cor na emoção, no ato de adorar. Te sentia na alma e na ponta de meus dedos. E naquele momento sua mão percorre minha nuca em direção aos meus cabelos, seu rosto no meu rosto, sua boca na minha, braços em abraços, pernas em perfeitos laço, feromônios aguçados, reação química inevitável. Seu cheiro me instiga a alma, e no desenho do teu corpo, mapa e segredo das nuvens, é rio que transborda os leitos das veias, na foz desse rio interno, as torrentes do sentir.

Suas linhas, suas curvas, seus traços, sua textura, seus contornos, são precioso segredo que guardo nas linhas das palmas de minhas mãos. E nesse amor que se expande, abriram-se também as portas da minha alma e as janelas do meu espírito. Abriu também meus olhos e percebi em contemplação, sua inefável silhueta de sinuoso desenho e cálida superfície de linhas másculas, sensuais, escultura de anjos que tanto admirei. E ainda me perco em teu olhar, que tem cor de nostalgia, tem olor de maresia, tem sabor de fim de dia. O espelho dos seus olhos possuí o horizonte do mar, possuí o azul dos céus, um imenso mar de amar. E vi ainda na menina dos teus olhos o reflexo de minha imagem e me vi amada. O meu rosto dentro dos teus olhos, e ali naquele momento não desejava mais nada. É dentro do fogo de teu olhar, oceano revolto e céu profundo, que escrevo com luz meu verbo amar, o que sinto é bem maior que o mundo, o que penso é bem maior que o mar.

Meu amor está em tudo vejo, em toda parte, amar ainda é tudo que temos,está no sonho na beleza e na arte, bem mais doce que os beijos de Vênus, e bem mais forte que os braços de Marte.

30 comentários:

Érica disse...

"Amar ainda é tudo que temos".... quanta verdade em tão poucas palavras! Adorei seu espaço! Parabéns!!!!

Léo Mandoki, Jr. disse...

aii tatazinha linda....só de saber q vc já esteve aqui em portugal e a gente nao se encontrou...eu é q sou sortudo de conhecer vc viu...e sortudo será o homem q receber toda essa sua poesia...se escrevendo vc é assim..imagina exercendo essa paixão!!!
beijos de saudades...

Vivian disse...

...ciao picola bambina!

viva l'amore!

baci per te, bela donna!

Franzé Oliveira disse...

pra q amar? sofro, sofro e nada muda (risos).

Luciana Horta disse...

Mesmo sofrendo eu não abro mão de amar... Tá certo que eu quero este "encontro" rapidinho pra mim, porque assim o amor fica inteiro e dá uma vontade de levantar da cama bem cedo!!!
Bjinhos de Luz da Lu

Angie Von D. disse...

"Te sentia na alma e na ponta de meus dedos. "

Pois, aí está a distinção entre as pessoas que conhecemos no decorrer da nossa vida. Enquanto algumas apenas tocamos, outras sentimos não só na ponta dos dedos, mas no fundo da alma, também.

:)
gostei do post

Von D.

Chris disse...

Oi querida, muito bacana seu post, falar do amor é algo que tem que vir de verdades muito vividas, amei as palavras...
Obrigada pelo carinho e visitas tão bacanas.

Bjs linda, uma semana mega pra ti e de blogagem pra nós e de Encontros, que são sempre bons.

Chris disse...

um amor sensual, bem descrito, bem sugerido

Completando

Mai disse...

i, Tatá.

Teu texto de tão bem escrito, tem cheiro.
E esse teu muso-confuso, deve ter um perfume - francês ou da pele, delicioso.
Porque a menção ao aroma-homem, permeou cada parágrafo.

Adorei!
Beijos.

Walter disse...

Amar sempre foi e será a nossa maior dádiva e a nossa maior perdição.

Pelos caminhos da vida. disse...

O amor da o sentido a vida...

beijooo.

tossan disse...

Quem será este felizardo?!
Com desenhos, reações químicas e tatuagens orgânicas. Ora direi, devia ser eu. Linda narrativa de uma mulher bem amada! Beijo

*** Cris *** disse...

Olá,td bem?
Falar de amor é sempre fascinante e todas as formas nos fazem querer vivê-lo na íntegra, sem medo de ser feliz.
Bjs!

Cris Animal disse...

Tataaaaaaaaaaaaaaaaaaa....me segura!
Que coisa linda!
Nossa, vou mandar isso para um cara com um ramalhete de cravos vermelhos.....aiiiiiiiiiii
Lindo...poesia e sedução !
Entrega e espera....demais
beijo
........Cris Animal

Tecnenfermaginando disse...

que graça haveria em não incomodar?
belo espaço
:)

D.Ramírez disse...

Tata, Dios!...que lindo texto.
Sentimento a flor da pele, envolvente e gostoso de ler.
Amar é algo mais que tudo, e convivemos ainda bem com ele sempre.
Amei.

BEsos

Déia Arakaki disse...

Bom dia Tata..

So tenho uma coisa a dizer sobre a intensidade de seu escrito:

E viva o amor!!!
Com toda sua intensidade

beijos

Lucí disse...

Humm... que lindo isso!..

Só de um encontro..imagina de uma vida..

Bjitoss...

MCI disse...

Meu Deus, que coisa mais LINDA!
E o amor é mesmo fonte de uma série-sem-fim de coisas lindas e encantadoras em nossas vidas, não?
Acho que, quando somos real e efetivamente capazes de AMAR, estamos conhecendo, ainda que na dimensão HUMANA, um pouquinho do que é ou do que seja o DIVINO.
O amor nos DIVINIZA!
E eu AMO AMAR!
Você é uma lindeza, Tata!
Obrigado por compartilhar conosco essa energia amorosa!
Beijãozão!

Lipe M.T disse...

Adorei o texto...
disse o que queria em verdade...

Abraços...

Paz e bem !

Márcio Ahimsa disse...

Ei Tata, que bonita essa ode ao amor, essa devoção, essa entrega. Assim, só resta admirar as palavras, os versos implícitos, a magia da beleza e sensualidade do poema texto.

Beijos querida.

Naty disse...

Ola visitei teu cantinho e gostei.
voltarei.
bjs naty

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Oi Tata!

O amor tem essa magia que contagia os sentidos e o valida neles.

Que texto rico de imagens mil a nos guiar, como sempre, com a agilidade de quem não quer parar de ler. É o próprio ato de amar; ávido.

Um beijo com carinho!!!

o que me vier à real gana disse...

Boa noite!

Este é outro blog k vale a pena.
Parabéns!

Erick Júlian de Medeiros Feitoza disse...

Meu amor está em tudo vejo, em toda parte, amar ainda é tudo que temos,está no sonho na beleza e na arte, bem mais doce que os beijos de Vênus, e bem mais forte que os braços de Marte.

________________-


esse amorr, de curvas e maravilhas :x me deixa bobinho só de sonharr

Giselle disse...

Tatá,
vim retribuir sua visitinha, e amei seu blog também ...
belo texto ...
Estarei sempre por aqui ...
um beijo grande

Marcos Campos disse...

Hey!!
Sempre me admiro com a profundeza dos seus textos, uma coisa que vem realmente de dentro, em torrentes abundantes!!
Coisa de pisciano...hahaha!
beijos!!

irineu xavier cotrim disse...

á gostei de seu blog-

Dora disse...

O amor é uma experiência diferente para cada um. E a sua forma de descrever isso fez de um momento algo tão lindo e intenso. Andas apaixonada, hein??
Um cheiro bem grande.

Ígor Andrade disse...

Finalzinho poético... me fez viajar pelo espaço.
Abraços!