quarta-feira, 12 de agosto de 2009

COORDENADAS


Amo-te,
Em toda extensão do seu corpo, no comprimento do seu caráter, na largura dos teus sonhos, nas fronteiras do seu pensar e a cada volta que seu mundo dá,

Amo-te,
De pólo á pólo, nos meridianos do seu corpo, na latitude de seus braços e na longitude de suas pernas,

Amo-te,
Nas marés da sua vida, nas luas que te regem, nas suas chegadas e nas suas partidas,

Amo-te,
Sem peso e sem medida, numa escala desconhecida,

Amo-te,
No destino, ao acaso e até no premeditado,

Amo-te,
Em outras dimensões, espaços e constelações.

Amo-te,
Em sua textura, texto e contexto,

Amo-te,
Com pressa, calma, pausa e pouso,

Amo-te,
Com vigor, vontade, desejo, com saudade, com voracidade e tenuidade,

Amo-te,
Em verso, prosa e narrativa, sejam em notas, bilhetes ou poesia,

Amo-te,
Em cada particularidade e pluralidade, com seu gosto, seu cheiro e seu tempero, em cada desejo descabido em cada ato de libido.

Amo-te,
Em cada célula, tecido e órgão do meu corpo,

Amo-te,
Com pecados declarados e desejos rasgados, com um amor ávido com um desejo cálido,

Amo-te,
Na infinidade, na atemporalidade e para a eternidade,

Amo-te,
Com o peso da minha alma, com a leveza do meu ser, e na poesia do meu existir.

14 comentários:

R.Vinicius disse...

Tatá

Como diz o marcador "pedaços da alma" traduções do sentir; poema.

Abraço.
R.Vinicius

Teórico disse...

UAU!!!!!!!!


Muito bom mesmo!

Ana Lúcia Porto disse...

Ui...!!
Tata, esse lado seu eu desconhecia. De onde é que veio essa inspiração, heim...?! (Ou de quem...rs). Gostei dessa sua veia poética.
Beijos,
Ana Lúcia.

meus instantes e momentos disse...

muito bom, muito bom.
Maurizio

Renata Braga disse...

Lindo AMAR assim Tata!

É disso que falo... é isso que quero!

Me deixou feliz hoje... em ver que isso realmente existe!


Bejosss linda!

Emerson Souza disse...

É, isso parece uma boa ilustração da entrega necessária pra caracterização do mais etéreo, do mais lírico, do mais abstrato dos sentimentos concretos*.

*Sentimento concreto: aquele que, efetivamente, altera o comportamento.

Tata disse...

Emerson....

mas quanta firula para uma coisa tão simples que é amar!!!
O amor é simples e não um subterfúgio!

Dora disse...

Estás muito apaixonada, Tata?! Lindo teu post. Adorei!
Bom fim-de-semana, tá?
Cheiro grande.

*** Cris *** disse...

Olá,td bem?
Adorei o texto, repleto de sentimentos reais.
Bjs!

Batom e poesias disse...

Lindo! Lindo! Lindo!
Uma inspiração abençoada, Tata.
Que mais dizer de tanto amor?

bjs
Rossana

Mai disse...

Tatá,
este teu registro romântico é dos que eu, particularmente, mais gosto.
Porque óbvio, com teu jeitinho moleque, articulas teu bom humor ao romantismo. Assim consegues falar de amor de forma intensa mas sem a dramaticidade comum.
.
Assim é muito bom te ler neste registro. É um amor que não mata e não morre de sofreguidão e que, ao mesmo tempo, jamais será superficial.
Gosto, gosto muito.
Eu diria que esta é a dose exata do veneno e da vacina que é amar, viver e morrer.

beijos, querida, saudades.

Fica bem e boa semana.

Ana Lúcia Porto disse...

Tata,
Há um mimo para você, lá em meu blog, vem com regras...
Beijos,
Ana Lúcia.

Erick Júlian de Medeiros Feitoza disse...

amo-te, não só por existir.
Só pelo fato de me dar prazer verte feliz

Marcos Campos disse...

Oi Tata!!
Conheço vc só virtualmente, mas quando leio esses seus textos apaixonados, supostamente dirigidos a alguem, sempre tenho certeza que esse amor e essa paixão, vc poe em tudo na sua vida, em todos os setores, e acho isso muito legal!
Super beijo!