sexta-feira, 17 de outubro de 2008

ME, MYSELF AND I


Ser eu mesma, tarefa difícil, antes de qualquer coisa sou mulher, sou muitas em uma só, tenho o meu próprio tempo e espaço, tenho muitas fases, tantas quanto a Lua possui as suas, estas fases mudam de acordo com meu estado de espírito, humor e prioridade do dia, procuro ser decidida, a não ser que me mande escolher uma roupa em 15 minutos, ou escolher entre brigadeiro, bomba de chocolate e torta de morango, gosto das coisas vividas intensamente, ser resolvida, mas também gosto de colo, carinho, e atenção.


Gosto que tentem resolver os meus mistérios, que não são muitos, mas são detentores de todo o meu charme, gosto de coisas, pessoas e palavras desconcertantes. Sou de Vênus, mas em alguns dias sou regida por Marte, e tenho os meus retornos de Saturno, na maioria dos dias sou céu azul e dia ensolarado, e em muito poucos encoberto com tempestade.

Encaro a vida de frente, não me deixo abater diante de uma pedra no meio do caminho, acho que um milhão de obstáculos fazem a beleza da raridade. Sigo o vento que sopra de dentro, porque é de lá que vem minha verdade, ouço a voz do meu coração e da minha intuição. O ritmo da minha vida sou eu quem faz, em todos os sentidos, haverá dias em que você vai me reconhecer como um bom Tango Argentino, dias em que sou Rock N´Roll puro, e em dias mais calmos sou um bom Blues.

Tenho o tamanho dos meus sonhos e mantenho minha ambição ao alcance dos meu dedos, não simulo afeição, tão pouco trapaceio com os sentimentos alheios. Vôo nas asas do meu pensamento, sou observadora sensata, amiga dedicada. Tenho meus impulsos e impasses, defensora dos meus princípios, sabedora dos meus defeitos e aceito humildemente os desígnios do meu ser.

Adoro conquistar e ser conquistada, o charme da vida está nas pequenas conquistas do dia-a-dia, gosto dos meus pés bem fincados na terra, mas também gosto que me façam sair alguns metros do chão, sair de órbita por alguns minutos, ver a vida lá de cima, por um ângulo melhor, mais bonito, mais leve e mais divertido. Vou da pureza à sedução, de menina comportada à fã do bicho papão, minha regras sou quem as dita, mas adoro quando alguém as transgride, gosto de pessoas ousadas, afinal algumas regras nasceram para serem quebradas.

Não sou perfeita, sou ciência inexata, estou em construção e assim permanecerei, aprendendo um pouco por dia, e vivendo um dia de cada vez. Sou movida pela minha fé, garra e determinação. Possuo meus seis sentidos em alerta, sim seis, o paladar do amor, olfato da intuição, a visão do mundo as cores da vida, a audição do coração, o tato da perdição e a textura da vida.
Ser simplesmente, ou simplesmente existir, sempre me pareceu meio medíocre, então tento fazer valer a diferença. Não estranhe se não me encontrar onde a unanimidade se faz absoluta, a unanimidade como já dizem alguns sábios é burra.

Se tiver que me amar, seja com coragem para se decepcionar, pois sou humana imperfeita e passível de erros, não posso exigir perfeição se eu mesma não sou, na verdade não acho que exista. Não sou só sentimento, sou realidade, sou mulher, frágil e forte, simples e complicada, audaciosa e vulnerável, apenas uma mulher.

Minha vida é uma dança contínua, mistura de fatos, sonhos, movimentos e atos imprecisos, regidos pelo som que vem da minha essência, da minha alma e do meu coração!




10 comentários:

Sonhadora... disse...

Somos mulher e somos tudo isso, queremos carinho atenção, mas tb somos fortes o bastante para dirigir nosso caminho.

bjos!

Carol disse...

Lindo...
;*

anderson eduardo disse...

ès mulher de fibra, coragem e muita força... siga sempre em frente e seja sempre voce mesma, que o futuro te espera.... abração e tudo de bom

Francine Esqueda disse...

Nossa, que saudade disso aqui!
E nem imagina o quanto aprendo e me refresco com seus textos!
Fora as imagens... i visu é incrivel!!! Não podemos perder contato! rs...
Estou em dívida com você e com muitos outros blogueiros de plantão! Entre tapas e beijos, coisas novas e velhas, problemas que vêm e vão, responsabilidades e compromissos... estou de volta! Desculpe a minha ausência! Estou sem tempo para postar nem comentar!! Vou mesmo aproveitar muito este fim de semana! Senti falta daqui!
Muitos beijos, FRAN.

tossan disse...

Uma mulher

Renovada,
Eclética,
Misteriosa.
Audaciosa,
Charmosa
E que não tem
medo do Bicho Papão!
Rapazes...
façam fila...
Bj
(trocou a foto)

Diego! disse...

"Minha vida é uma dança contínua..."

Por isso, que prefiro criar meus passos, do que aqueles passinhos de coreografia!


até...

isabelle dias ~ disse...

Olá querida!
Saudade daqui já...
desculpe a demora para retornar o comentário.

Mulheres, mulheres, mulheres...
"tanta coisa e um só ser".
Ótimo! adoreiii *-*

Beijiinhos :*

Anna Oh! disse...

Uauuuu, q descrição linda! É difícil ver quem acabe rompendo com o tão sonhado ideal de perfeição (para si e para os outros) e aceite as dicotomias da vida, as mudanças de humor e de fases de uma forma tão poética...
parabéns!!!

Marcos Campos disse...

Belo texto!!
Sou super fã das suas postagens...vc escreve sobre si mesmo sem medo, e isso é muito legal, conhecimento é poder, e conhecimento sobre si próprio é mais poder ainda...
Um beijo e boa semana pra vc, garota superpoderosa!

Lella disse...

viver de sonhos, amar as imperfeições, enfim viver e intensamente...
um xeru minha menina linda!